11 de setembro de 2017

#Amazonia

Rede de parceiros do Amazonia Live

O Amazonia Live é o projeto socioambiental do Rock in Rio. O maior festival de música do mundo entende muito sobre fazer barulho, e juntou-se com parceiros à altura para realizar esse projeto. Em conjunto com a Conservação Internacional – Brasil, o Funbio e o Instituto Socioambiental (ISA), o Amazonia Live tem como objetivo ser uma plataforma de comunicação sobre a natureza que restaura florestas.

Em seu lançamento, em abril de 2016, o Rock in Rio se comprometeu a restaurar 1 milhão de árvores nas cabeceiras do rio Xingu e em seguida contou também com o match da CI-Brasil, que se comprometeu a restaurar outros um milhão de árvores na mesma região. O Funbio vem operando os recursos financeiros do projeto e o ISA executa em campo as ações de restauração no Xingu.

O Ministério do Meio Ambiente, por meio da Secretaria de Biodiversidade e Florestas, também aderiu ao projeto, em 2016, assumindo o compromisso de contribuir com a recuperação de áreas na Amazônia com mais um milhão de árvores em áreas protegidas no bioma amazônico.

Até o momento, já garantimos mais de 3 milhões de árvores através dessas parcerias e juntos vamos chegar muito mais longe. Outras contribuições, como as doações do público durante as vendas de ingressos do Rock in Rio 2017, garantiram ainda outras milhares de árvores, totalizando uma área de 1.600 hectares na floresta amazônica. A iniciativa trabalha com um racional de que o mix de técnicas de recuperação (plantio direto, semeadura de sementes, enriquecimento, condução ou favorecimento da regenaração natural e outras) tem como resultado uma densidade média de 2.500 árvores por cada hectare. Esses valores são suportados pelo monitoramento de áreas já restauradas pelo ISA e pela literatura disponível.

O Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia é a mais nova parceria do Amazonia Live, promovendo a ampliação do compromisso de restauração em larga escala – saltando de 1 milhão para 70 milhões de árvores – e, com isso, será possível atingirmos a incrível marca de 73 milhões de árvores a serem restauradas na Amazônia nos próximos anos! É o maior projeto de restauração florestal da região. Saiba mais aqui.

 

Curta o projeto no Facebook